sábado, 23 de fevereiro de 2013

Dica by Ana Cuore - Especial maquinas de costura

Olá meninas, tudo bem?
Ontem fui fazer uma visitinha ao nosso amigo Luiz Eduardo Junqueira Mello, comprar duas máquinas que usaremos nas aulas que vou ministrar no ateliê Ô de Casa que fica na 206 norte, onde vou estar todas as sextas-feiras. Manhã e tarde. E nas manhãs de segunda.
Lembrei das dúvidas que sempre escuto. Das futuras costureiras iniciantes.
Que máquina de costura eu compro? Qual a Marcar? Essas são as dúvidas mais comuns para que deseja iniciar no maravilhoso mundo da costura criativa.

Então com o aval do meu amigo Eduardo da Singer Brasília resolvi fotografar alguns modelos mais simples para esclarecer algumas dúvidas.

Máquinas de costura para quem está realmente começando e não sabe "ainda" se vai se tornar um "Quilteira profissional". Ou uma "Chamel" "Dior". Comece pelos modelos simples e leves.



                       Essas são levinhas e faceis de você levar para aula, e ir se adaptando descobrindo como ela funciona.
                                     Aprendendo com a ajuda da sua professoara a usar todos os acessorios que vem  
de fabrica com a máquina.     





                                                       Essa é da época da Vóvo.



Essas são as minhas queridas.
Ainda não escolhi os nomes.
Nem fiz as roupinhas.
Ateliê da 206 Norte.


Qualquer dúvida se eu puder esclarecer pode perguntar.
Abraços,

Ana Cuore



2 comentários:

  1. Olá. Você recomenda máquinas eletrônicas para iniciante? Estou querendo comprar uma singer brilliance, mas estou com medo de nao saber usar. No cursos de patchwork você costuma usar qual máquina? Obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Sim, conversndo com sua profesora ela vai lhe ensinar a usar todos os recursos oferecidos pela máquina.
    Caseado, pontos decorativos etc.

    abraços,

    Ana Cuore

    ResponderExcluir

Deixe Seu Recado. Não esqueça de deixar seu e-mail para resposta!
Importante: comentários ofensivos serão bloqueados. A lei prevê pena para quem denigre a imagem de outrem, com agravantes para crimes ocorridos na internet.